O prefeito da cidade e demais autoridades visitaram a UD Itaipu na intenção de compreender os processos relacionados à gestão de resíduos orgânicos

Na última quinta-feira (5), o diretor-presidente e o diretor de desenvolvimento tecnológico do CIBiogás, Rafael González e Felipe Marques, e o assistente do diretor de Coordenação da Itaipu, Márcio Bortolini, receberam na UD Itaipu o prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro e o vice-prefeito delegado Francisco Sampaio, juntamente com as secretárias de Meio Ambiente, Angela Meira, e secretária de Educação, Maria Justina.

O encontro focado na melhoria da gestão de resíduos da cidade aconteceu para apresentar às autoridades a planta responsável por transformar em biogás e biometano os resíduos dos restaurantes localizados no complexo da Itaipu Binacional. 

Com intenção de impulsionar a sustentabilidade de Foz, a Prefeitura visa a instalação de biodigestores em escolas da rede municipal de ensino devido aos benefícios que a alternativa apresenta, como a substituição do gás de cozinha e a produção de biofertilizantes a partir da gestão dos resíduos gerados nas escolas. Sendo ainda, uma oportunidade de realizar ações de educação ambiental nas escolas do município.

Aqui na UD criamos um ambiente de testes e resultados, onde mostramos que é possível construir um mundo com mais sustentabilidade, reaproveitando materiais que muitos julgam sem utilidade. Cada passo que damos é um avanço para o País”, ressaltou Rafael González, diretor-presidente do CIBiogás. 

O CIBiogás já vem contribuindo para o fortalecimento das ações sustentáveis na cidade através do projeto articulado pelo município e conveniado à Itaipu Binacional. Ainda em desenvolvimento, a iniciativa pretende aproveitar o potencial energético do aterro da cidade, transformando-o em biometano para o Transporte Público.

O diretor Felipe Marques destaca que o perfil da cidade é diretamente relacionado à sustentabilidade e que o município pode ser uma das grandes cidades a investir fortemente em ideias como essa:

Foz do Iguaçu é um destino conectado com o tema sustentabilidade, por isso acreditamos que pode ser também pioneira em iniciativas de transporte público com biometano e descentralização da gestão de resíduos orgânicos.

Desde 2017, a Unidade de Biometano em Itaipu, operada pelo CIBiogás, abastece frota de veículos leves da Hidroelétrica, com foco na descarbonização e valorização de resíduos. Há um ano, com apoio do Projeto GEF Biogás Brasil, SEBRAE e Itaipu Binacional, o CIBiogás testa unidades de pequeno porte, conhecidas como biodigestores domésticos, comercializadas no Brasil. O objetivo é estabelecer referências técnicas para a replicação destes sistemas.