Público escolherá os “Melhores do Biogás Brasil” em três categorias: profissionais, organizações e unidades/plantas geradoras que foram destaques no setor em 2021. É a primeira edição do prêmio, que será entregue no evento, de 12 a 14 de abril, em Caxias do Sul (RS). A premiação terá quatro etapas. A primeira é o levantamento público de sugestões de indicados para cada categoria, até dia 6 de fevereiro.

Pela primeira vez, o Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano premiará destaques do setor. O público é quem vai indicar e escolher vencedores em três categorias – profissionais, organizações e unidades ou plantas geradoras que cumpriram papel relevante no setor de biogás do Brasil no ano de 2021. A entrega da premiação ocorrerá durante a 4ª edição do Fórum, de 12 a 14 de abril, na Universidade de Caxias do Sul, na cidade da Serra gaúcha. O regulamento está disponível no site biogasebiometano.com.br , em http://sbera.rds.land/melhores-do-biogas 

“O objetivo é reconhecer a excelência, as melhores iniciativas, as iniciativas positivas que contribuem realmente para o crescimento e o fortalecimento da cadeia do biogás no país”, diz o pesquisador Airton Kunz, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, a Embrapa Suínos e Aves, uma das entidades realizadoras do Fórum e do Prêmio Melhores do Biogás Brasil, juntamente com o Centro Internacional de Energias Renováveis (CIBiogás) e a Universidade de Caxias do Sul (UCS), e organizado pela Sociedade Brasileira dos Especialistas em Resíduos das Produções Agropecuária e Agroindustrial (Sbera). “Teremos três categorias: do profissional, que contribuiu com inovação; da organização, que pode ser uma empresa, uma organização pública ou privada; e, por último, a premiação de plantas ou unidades geradoras de biogás. E nesta, teremos três subcategorias: de saneamento, de planta de indústria e de pecuária”, acrescenta.

A premiação terá quatro etapas. A primeira é o levantamento público de sugestões de indicados para cada categoria, até dia 6 de fevereiro. Na segunda etapa, os nomes indicados vão compor uma lista organizada pela comissão organizadora. Depois, será realizada a votação pública de 1º a 31 de março. A última fase é a entrega dos prêmios durante o Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano. Receberão troféus e certificados os três mais votados em cada categoria e subcategorias.

SOBRE O EVENTO
O 4º Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano reunirá empresas, pesquisadores, universidades, gestores e profissionais do setor do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, que poderão trocar experiências e conhecer novas soluções sustentáveis; fazer negócios e conexões, participar de visitas técnicas e de exposição de produtos.

O 4º Fórum é realizado pelo Centro Internacional de Energias Renováveis (CIBiogás), pela Embrapa Suínos e Aves e Universidade de Caxias do Sul (UCS), e organizado pela Sociedade Brasileira dos Especialistas em Resíduos das Produções Agropecuária e Agroindustrial (Sbera).

A última edição do evento, em 2021, realizada no formato on-line, contou com mil inscritos e 25 instituições apoiadoras. Mais informações sobre o Fórum, em biogasebiometano.com.br

ENTENDA AS CATEGORIAS DO PRÊMIO:

– Profissional – poderão ser premiados profissionais que se dedicaram a pesquisas, a desenvolvimento e inovação, a processos produtivos; lideranças de empresas, de operações e de outras áreas de instituições públicas ou privadas e do terceiro setor. É voltado àqueles que se destacaram na missão de desenvolver o setor do biogás em 2021, inspirando, inovando e fortalecendo o setor por meio de atividades profissionais. O prêmio encoraja a diversidade de gênero e apoia a busca pela igualdade.

– Organização destaque – podem ser premiadas organizações que demonstraram contribuição significativa, suporte ao desenvolvimento e inovação no mercado brasileiro de biogás e biometano em 2021. O prêmio é voltado a organizações (empresas, agências de financiamento, órgãos dos setores públicos e privados, grupos de pesquisas de ambos) envolvidas no setor do biogás que promovem a gestão adequada de resíduos, a produção a partir de resíduos e o uso do biogás e que impactem na descarbonização da matriz energética, na transição energética do país, na economia circular, na proteção ambiental e no desenvolvimento tecnológico do setor.

– Plantas/unidades geradoras de biogás – O prêmio é destinado a projetos do setor que se destacam pela inovação, eficiência e boas práticas na biodigestão, no processamento do biogás e no gerenciamento do digestato. Podem ser plantas de energia elétrica, térmica e/ou biometano a partir do biogás. Inclui as subcategorias:

• Saneamento (planta ou unidade que gera biogás a partir de resíduos sólidos urbanos ou esgoto);
• Indústria (geradora de biogás a partir de resíduos de indústrias sucroenergéticas, abatedouros, cervejarias, fecularias e outras);
• Pecuária (que gera biogás a partir de resíduos da produção de suínos, aves, bovinos e outros animais).

PARA SABER MAIS

O que é biogás – É uma mistura de gases composta principalmente por metano e dióxido de carbono, obtida normalmente através do tratamento de resíduos domésticos, agropecuários e industriais, por meio de processo de biodegradação anaeróbia, ou seja, na ausência de oxigênio. O biogás pode ser aplicado na geração de energia elétrica e energia térmica e na produção de biometano, um biocombustível similar ao gás natural. Durante o processo, também há produção de biofertilizante.

Quem pode produzir – Propriedades rurais, aterros sanitários e indústrias relacionadas à agropecuária. Também é possível produzir biogás com esgoto, resíduos vegetais e resíduos de alimentos (domésticos, comerciais e industriais).

Segundo a Nota Técnica Panorama do Biogás no Brasil em 2020, elaborada pelo CIBiogás, existem 675 plantas de biogás no país, sendo que 94% delas operam para fins energéticos (geração de energia elétrica, térmica, mecânica e/ou biometano). O estudo mostra, também, que há oportunidades de expansão da cadeia e um grande potencial de produção a ser explorado. O potencial nacional de produção de biogás bruto calculado pela Associação Brasileira de Biogás (ABiogás) é de 82,58 bilhões de metros cúbicos ao ano, considerando os setores sucroenergético, saneamento, proteína animal e produção agrícola. Esse potencial, se comparado com o atual cenário de produção de biogás brasileiro (1,83 bilhão de metros cúbicos ao ano) revela a oportunidade de enorme expansão, pois apenas 2,2% do potencial total são aproveitados atualmente.

O documento elaborado pelo CIBiogás está disponível em: https://cibiogas.org/wp-content/uploads/2021/04/PANORAMA-DO-BIOGA%CC%81S-NO-BRASIL-2020-v.8.0-1.pdf

4º Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano
Quando: 12 a 14 de abril de 2022
Onde: Universidade de Caxias do Sul | Caxias do Sul | RS
Mais informações sobre o 4º Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano podem ser obtidas nos canais:
www.biogasebiometano.com.br
www.facebook.com/BiogaseBiometano
www.instagram.com/biogasebiometano
www.linkedin.com/company/biogasebiometano