CIBiogás lança Calculadora de Biogás no 32° Show Rural Coopavel

Uma propriedade com 800 suínos pode gerar luz à 23 casas; relatórios indicam que agroindústria Sul brasileira

tem potencial para suprir o consumo elétrico de mais de 2 milhões de casas por ano

 

Que tal descobrir o quanto o biogás pode promover de economia em uma granja? Com a Calculadora de Biogás é possível. Desenvolvida pelo Centro Internacional de Energias Renováveis (CIBiogás), a ferramenta é gratuita e permite saber o potencial de produção de biogás pela quantidade de animais, seja de suínos, bovinos ou de aves. A conversão é estimada em eletricidade e em GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), o tradicional “gás de cozinha”. Em uma simulação cujo plantel de suínos em terminação é de 800 cabeças, o volume de biogás pode ser transformado em eletricidade suficiente para abastecer cerca de 23 casas populares, ou ainda substituir 1.174 botijões de 13 quilos. 

Vida real

Pedro Colombari é administrador e proprietário da Granja São Pedro, no município de São Miguel do Iguaçu, no Oeste paranaense. A propriedade tem biodigestores instalados há 12 anos e desde então a fazenda produz eletricidade com o biogás. Em Geração Distribuída (GD), Pedro compensa a energia gerada com a concessionária local (COPEL) e relata que a decisão de investir no biogás trouxe economia à fazenda. “Economizamos entre 5 a 6 mil reais por mês com eletricidade”, revela. 

Pedro Colombari na fazenda São Pedro Microgrid Suinocultura CIBiogás

Pedro Colombari: “Economizamos entre 5 a 6 mil reais por mês com eletricidade”, revela (Crédito: CIBiogás)

 

De acordo com Rafael Gonzalez, diretor-presidente do CIBiogás, a ideia é tornar acessível esse novo olhar sobre o biogás e sem investimentos nesta etapa inicial. “A Calculadora ajuda a democratizar esta energia, que é renovável. Ela traz ao produtor a visão sobre como o biogás pode impactar na qualidade de vida da família, fazendo com que ele perceba parte das vantagens econômicas de ter um biodigestor instalado na sua propriedade”, afirma o diretor. O simulador é on-line e simples de usar, basta inserir o número de animais na plataforma. 

Rafael Gonzalez Diretor Presidente CIBiogás

O diretor presidente do CIBiogás, Rafael Gonzalez, afirma: “A Calculadora ajuda a democratizar esta energia” (Crédito: CIBiogás)

 

Felipe Marques, um dos idealizadores da ferramenta e diretor de Desenvolvimento Tecnológico do CIBiogás, explica que a calculadora é o primeiro passo para o produtor rural. Marques garante que a ferramenta está em desenvolvimento e que ela irá abranger ainda mais substratos como fecularias (mandioca), cervejarias, vitiviniculturas (cultura de uvas), aterros, entre outros. 

Para conhecer a Calculadora de Biogás, basta acessar o site: www.cibiogas.org. O lançamento da ferramenta acontece durante o 32º Show Rural Coopavel, realizado em Cascavel entre os dias 03 a 07 de fevereiro, no espaço Show Rural Digital, no estande do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), parceiro oficial do CIBiogás no evento. 

 

Atividades que mais produzem biogás no Sul do Brasil

A atividade da bovinocultura lidera no Sul do país, com 53% do total de produção de biogás, seguido pela suinocultura com 28% e avicultura com 7%. O Oeste paranaense e catarinense, e o Noroeste rio grandense, são os maiores destaques em relação ao potencial de produção de biogás da região Sul. Esses dados constam no relatório sobre o Potencial de produção de biogás no Sul do Brasil. Conforme relatório, o Paraná, Santa Catarina e o Rio Grande do Sul concentram 36% das plantas de biogás em operação, implantação e/ou reforma do país. 

capa dos relatórios de potencial de produção de biogás e de tecnologias no sul do brasil. Estudo realizado pelo GEF e pelo CIBiogás e UNIDO.

Os relatórios apresentam dados sobre o potencial da bovinocultura, suinocultura, avicultura, laticínios, fecularias e abatedouros (Crédito: CIBiogás)

 

O mesmo estudo aponta que a agroindústria Sul brasileira tem potencial para produzir 3 bilhões Nm³ de biogás por ano, cerca de 6.698 GWh/ano, essa energia poderia suprir o consumo elétrico de até 2.537.420 casas populares por ano. De acordo com Daiana Gotardo, engenheira ambiental, e consultora da Organização das Nações Unidas para Desenvolvimento Industrial – UNIDO, as informações são referentes ao potencial de seis substratos: bovinocultura, suinocultura, avicultura, laticínios, fecularias e abatedouros.

O relatório “Panorama de tecnologias aplicadas no agronegócio de biogás e biometano”, traz os sistemas de biodigestão, segurança, monitoramento e controle. Os estudos são frutos do projeto de “Aplicações do Biogás na Agroindústria Brasileira”, uma iniciativa do Fundo Global para Meio Ambiente (em inglês, GEF), que tem o objetivo de reduzir emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) e a dependência de combustíveis fósseis, utilizando como fonte alternativa a energia de biogás e soluções de mobilidade dentro das cadeias de fornecimento agroindustriais no sul do Brasil.

O CIBiogás e a Itaipu Binacional são executores da pesquisa e contaram com o apoio da Associação Brasileira de Biogás (ABiogás) e do SEBRAE para o levantamento das informações. A realização dos estudos só foi possível pois, contou com o esforço da UNIDO, dos Ministérios da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Minas e Energia (MEE)  e também do Meio Ambiente (MMA). Os relatórios podem ser acessados em https://materiais.cibiogas.org/relatorio-potencial-de-producao-de-biogas-sul-do-brasil 

e https://materiais.cibiogas.org/relatorio-panorama-tecnologias