O Laboratório de Biogás sempre foi o coração do CIBiogás. Dedicado às análises relacionadas com a produção de biogás, o local é referência no Brasil devido a acreditação pela Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro – CGCRE na norma ABNT NBR ISO 17025:2017, para o ensaio de Potencial Bioquímico de Metano (PBM). 

Ativo desde 2011, antes mesmo da criação do CIBiogás, o local de pesquisa, desde então, dedicou anos de estudo para analisar diferentes  biomassas. Até hoje, já foram realizados mais de 38 mil ensaios. Nesses quase 11 anos de trabalho, o Laboratório e sua equipe estão continuamente em busca de inovações e novas formas de desenvolvimento desta fonte tão rica para a matriz energética brasileira. 

Acesse aqui o certificado emitido pelo Inmetro – CGCRE.

Avaliação para a melhor execução

Para que o espaço e suas atividades sejam cada vez mais confiáveis para o mercado, periodicamente uma auditoria é feita para que a acreditação permaneça, a fim de evidenciar a manutenção da qualidade dos serviços entregues para os clientes e associados do Centro. Em 2021, foram duas auditorias: uma realizada pela CGCRE, em março, e outra em dezembro, por uma empresa especializada que foi contratada. O resultado de ambas foi de que o sistema de gestão implantado está adequado, e são cumpridos todos os requisitos estabelecidos na norma ISO 17025.

Francielle Natividade, Coordenadora do Laboratório, diz que todo olhar externo traz melhorias e oportunidades para manter o sistema em constante evolução, sempre na intenção de melhorar os processos e demais aspectos. 

Esse olhar proporciona uma troca de experiências e observação de oportunidades. Nós aprendemos muito com isso, e como o Laboratório é acreditado desde 2016, vemos que é um sistema que já está bem maduro, fazemos isso por manutenção do sistema, mas o impacto que tem na nossa rotina é justamente de melhoria e isso para nós é bem válido.

Cuidado redobrado

2020 e 2021 não foram anos fáceis. A restrição de contato físico com algumas pessoas e infelizmente a perda de outras, impactou muito o cotidiano de todos. O CIBiogás, por sua vez, mesmo diante de tantos desafios que esses anos proporcionaram, conseguiu avançar nas suas estratégias e dar continuidade aos seus projetos, ainda que de forma remota. Para o Laboratório não foi diferente. É uma das áreas que exige um cuidado redobrado e uma observação presencial constante, mesmo com a equipe reduzida no dia a dia, 2021 foi um ano de muitas análises. 

A procura dos ensaios por empresas não associadas ao CIBiogás surpreendeu a equipe, provando a eficiência e a confiabilidade dos serviços prestados, seja para estudo da viabilidade econômica para implantar um sistema de aproveitamento de biogás ou para melhoria da performance geral de uma planta. No total, foram 17 empresas que procuram estes serviços, gerando mais de 91 amostras só em 2021.

Entre todas as atividades, a que se evidenciou foi a atuação no monitoramento das plantas produtoras de biogás. Nesse tipo de serviço, é possível analisar o processo na intenção de diagnosticar a situação atual e atuar em melhorias, para obtenção da melhor performance do planta Esse trabalho é conjunto: a visão do campo associada às  competências técnicas da equipe do laboratório, resultando em recomendações exclusivas à cada caso. 

Laboratório de biogás

Média de ensaios feitos pelo Laboratório entre 2015 e 2021.

Laboratório de Biogás e seu case de sucesso

Um dos maiores exemplos de monitoramento e performance guiados pelos estudos do laboratório podem ser encontrados em um dos cases de sucesso do CIBiogás. A UD Itaipu é gerida pela equipe de Operações do CIBiogás. O time define os parâmetros operacionais focados na produção de biogás e abastecimento de carros da frota de Itaipu com biometano, representando atualmente, um dos maiores diferenciais deste trabalho que iniciou há bastante tempo. 

Sobre o papel do Laboratório no desenvolvimento do biogás no Brasil, Natividade diz que o foco das atividades do time estão voltadas principalmente em otimizar os recursos e ser mais assertivo nos projetos e no acompanhamento das plantas, o que  significa muito mais do que apenas gerar energia com o biogás.

Não é mais produzir o biogás por produzir… só cobrir uma lagoa. É usar das ferramentas que o laboratório tem, para às vezes numa simples recomendação de manejo, melhorar a eficiência do projeto, aumentar o teor de metano, rendimento, e que isso possa reverter economicamente para o produtor ou para a usina. Eu acho que significa aproveitar mesmo a estrutura para trabalhar em respostas mais objetivas e assertivas em relação àquilo que vem sendo tratado nos sistemas de biodigestão.

Capacidade admirável

Hoje o Laboratório tem capacidade operacional para  analisar 38 amostras simultâneas, no ensaio do potencial de produção de biogás, o que é um diferencial. Quanto aos serviços específicos, é possível testar diversos tipos de substratos separadamente ou em codigestão.

“Poder saber que tem um laboratório como esse no Brasil, que tem competência técnica para executar esse tipo de serviços garante investimentos assertivos, o investidor vai ter mais confiança em colocar o dinheiro dele sabendo que o resultado saiu de um local de qualidade.” afirma a “laboratoriana”, Francielle Natividade.

Quer contratar um de nossos serviços? Clique aqui!

Seja nosso associado e tenha benefícios do Laboratório