Project Description

Quer saber mais sobre biogás? Acesse nossa biblioteca

clique aqui

Granja São Pedro – Pioneiros na Geração Distribuída

Pioneirismo. Esta é a palavra que lembramos quando citamos a Granja São Pedro, da família Colombari. Localizada em São Miguel do Iguaçu, no Oeste paranaense, a propriedade possui um rebanho aproximado de 5 mil suínos, 350 bovinos para pecuária de corte, e utilizam o biofertilizante (um dos produtos da biodigestão) para potencializar a pastagem. 

A granja faz parte de um projeto piloto no Oeste do Paraná que está desenvolvendo uma estrutura de microrrede, a qual aciona o sistema de geração distribuída  em situações emergenciais de queda de energia elétrica da concessionária, abastecendo um grupo de propriedades rurais locais. 

Como funciona? 

O arranjo foi o pioneiro a conectar na rede em Geração Distribuída antes da Resolução Normativa n° 482/2012 e entra em atividade para abastecer uma pequena região rural até que a distribuição pela concessionária possa voltar ao funcionamento adequado, servindo como um backup de rede. A Granja São Pedro Colombari foi a escolhida para inaugurar o primeiro projeto do tipo no país, possuindo características essenciais para a execução do projeto.

A alta produção de suínos aliada a necessidade de destinação correta dos dejetos dos animais apresentou uma oportunidade para obtenção de biogás e geração de energia elétrica nesta propriedade, potencializando os aspectos ambientais, segurança energética e maior qualidade no suprimento de eletricidade na área rural, apoiando a cadeia do agronegócio. 

Essa possibilidade, traz diversos benefícios, dentre eles: 

  • Novos negócios com energia elétrica próxima da cargae
  • Melhora na qualidade de energia elétrica na área rural e segurança energética
  • Fortalecimento de arranjos locais; 
  • Novo papel do agronegócio na geração de energia elétrica; 
  • Vinculação com baixa emissão de carbono; 

Hoje, a propriedade produz: 

  • 1.000 m³/dia (o GMG consome em torno de 810 m³/dia e o restante é queimado no flare) de biogás;
  • 37.800 kWh/mês em energia elétrica. 1O regime de operação do GMG é atualmente de 18h/dia, 7 dias por semana. 

Mais energia e mais qualidade de vida

Outras seis famílias moram e trabalham no local, e com a produção positiva ao meio ambiente, a propriedade ganhou em qualidade tanto ambiental quanto econômica, já que a contaminação do solo foi diminuída e a qualidade do ar aumentada. Além de ser pioneira no empreendimento, a fazenda se tornou um exemplo de sustentabilidade. 

Satisfação do proprietário

“A energia é um insumo essencial. Ela não pode deixar de estar presente, tanto para alimentação quanto para climatização. Os prejuízos com a falta de energia são enormes, principalmente na área da avicultura. Então a segurança energética é um fator que tem que predominar na área rural e em todo o país”, conta Pedro Colombari – Proprietário da Granja São Pedro Colombari. 

Galeria