Estão abertas as inscrições para três novos cursos de ensino a distância ofertados pelo Centro Internacional de Energias Renováveis – Biogás (CIBiogás). Os interessados podem escolher entre as capacitações em “Fundamentos do Biogás”, “Operacionalização de biodigestores” e “Biogás para geração de energia elétrica”. O lançamento oficial foi feito nesta segunda-feira (5), no estande da Itaipu Binacional no 30º Show Rural Coopavel, em Cascavel (PR).

Com carga de 40 horas, os cursos têm tutoria especializada e duração média de quatro semanas. As inscrições devem ser feitas pelo site do CIBiogás: https://cibiogas.org/educacao. O investimento varia de R$ 490 a R$ 590.

Segundo o CIBiogás, a ideia é contribuir para o conhecimento e o desenvolvimento das energias renováveis no Brasil, com capacitações de diferentes níveis de conhecimento sobre o tema. “Os conteúdos têm como base estudos, pesquisas e aplicações práticas desenvolvidas pelo Centro Internacional”, acrescenta a gerente de Educação do CIBiogás, Leidiane Mariani.

Do básico ao avançado

“Fundamentos do Biogás” abordará os principais aspectos da produção de biogás por biodigestão e uso do biogás para a geração de energia elétrica e térmica, além da conversão em biometano. As aulas da primeira turma terão início no dia 19 de fevereiro e o custo é de R$ 490.

No curso “Operacionalização de Biodigestores”, o aluno poderá aprofundar seus conhecimentos sobre processos de biodigestão, envolvendo a produção de biogás, os parâmetros e a qualidade do gás produzido. O conteúdo foi desenvolvido em parceria com a Embrapa Suínos e Aves. As aulas terão início em 5 de março. O valor é de R$ 590.

Classificado como nível avançado, o curso de “Biogás para a Geração de Energia Elétrica” apresenta tecnologias, dimensionamento de sistemas, requisitos e modalidades de utilização da energia elétrica. A primeira turma iniciará as atividades no dia 5 de março. O investimento é de R$ 590.

Para o segundo semestre, o CIBiogás planeja lançar cinco cursos a distância sobre temas relacionados à biodigestão, florestas energéticas e viabilidade econômica de projetos de energia.

Resumo: 

São três capacitações, cada uma com carga de 40 horas e investimentos de R$ 490 a R$ 590